Blog
02jun 2014

Os pisos e revestimentos fazem muita diferença na decoração, preparados para aguentar diversos tipos de atrito de acordo com a sua resistência, é necessário cuidar deste tipo de material para que ele tenha uma longa vida útil.

Muitas coisas podem danificar pisos, azulejos e revestimentos: umidade, areia, rejunte inadequado, má conservação e o constante movimento de móveis (como cadeiras, poltronas, etc.).

Para manter o piso e azulejos sempre bonitos é necessário se atentar a pequenos detalhes, como a limpeza dessas peças. No dia a dia a maneira mais eficaz de eliminar manchas e outras sujeiras, é utilizar água e detergente neutro. Lembre-se que o produto deve ser sempre dissolvido em água, a aplicação direta na peça pode causar manchas.

Os pisos de madeira merecem um cuidado especial e deve ser limpo com produtos específicos para madeira, e em hipótese alguma deve se usar água ou deixar que este piso fique úmido.

Os móveis também podem causar arranhões, alguns superficiais e outros nem tanto, para evitar danos indica-se aplicar pedaços de feltro nos pés de mesas, cadeiras, poltronas e outros móveis.

A areia também é um elemento totalmente prejudicial para o piso, para evitar que eles fiquem danificados você pode utilizar tapetes ou capachos, que ajudam a diminuir os danos.

 

Fonte: www.joli.com.br

02jun 2014

Os pisos cerâmicos e os pisos de porcelanato podem ser facilmente confundidos, já que são muito semelhantes. O porcelanato chegou ao Brasil, cerca de 20 anos atrás e não demorou muito para se tornar sensação no mercado de decoração e construção.
A principal diferença entre os dois revestimentos está no processo de fabricação. O porcelanato, por sua vez, possui um processo de fabricação que é considerado tecnologicamente mais complicado, ele é feito a partir de uma mistura de porcelana e outros materiais.

O resultado desta técnica dá origem a um produto mais homogêneo, denso e com um aspecto vitrificado e no final das contas acaba sendo mais resistente do que as cerâmicas comuns. As suas características o tornam ideal para locais que possuam um tráfego grande de pessoas.

Isso não quer dizer que o porcelanato é melhor do que a cerâmica. As cerâmicas são mais delicadas e charmosas, o que garante um resultado estético mais agradável e harmonioso. Dependendo da forma como a manutenção for feita, a cerâmica pode durar menos do que o porcelanato. As cerâmicas são indicadas para ambientes que não tenham uma circulação muito grande de pessoas.

Pode-se dizer que não há perdedores nesta disputa, porcelanato e cerâmica se somam e formam novas possibilidades construtivas e decorativas.

Fonte: www.joli.com.br